As Missões na Umbanda


“Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos”. Mateus 22:14

No dia da obrigação de feitura da Cabeça ou Mão de Santo é que sabemos qual a nossa missão na Umbanda. De Cambono Colofé, a Alabê, de Ganga a Babalorixá, é partir daí que sabemos o tamanho da cruz que deveremos carregar no que se refere a nossa vida espiritual. E quando me refiro ao “tamanho da cruz”, não estou querendo ser sarcástico ou fazer qualquer tipo de humor. A “cruz” de quem tem missão superior na Umbanda é pesada, pois as responsabilidades carmáticas são muitas.

Antes de qualquer coisa, “receber uma missão” dentro da Umbanda não deveria ser motivo de orgulho ou jubilio para ninguém. Se por um lado, a missão pode ser entendida como uma verdadeira convocação ou outorga divina para tarefas que exigem espíritos encarnados mais experientes ou com uma maturidade maior que os demais dentro de um determinado contexto, por outro lado, mostra claramente como é grande a necessidade do resgate cármico que esses mesmos espíritos têm. Falando mais claramente: Se você tem a capacidade para resolver e agir desta forma, se o seu espírito encarnado é capaz de tomar para si tamanha responsabilidade e mesmo assim você ainda está aqui com a necessidade fazer isso… é muito importante que você vigie bem os seus atos! Ou como diria certo irmão no santo: COM CERTEZA VOCÊ ESTÁ DEVENDO!

Vou tomar emprestado o exemplo de uma outra religião, para que o entendimento possa ser mais claro. A missão superior dentro da Umbanda, encontra parâmetros de comparação com o apostolado bíblico. Por essa razão, quem já leu a bíblia sabe que existiram muitos discípulos e poucos apóstolos. Aos apóstolos, eram conferidos ensinamentos mais amplos e minuciosos, que demonstravam idéias que aos discípulos só eram expressas através de imagens fortes ou parábolas. Por isso, creio que a convocação divina, a missão, deve ser explícita em quem a tem, não só pela autoridade conferida, ou pelo conhecimento adquirido, mas sobretudo pelo encargo moral e uma conduta condizente, refletidos em ações diárias e uma responsabilidade de quem se torna pressuposto penal necessário de punibilidade aos seus atos ou de quem o segue. Ou seja, consciente com relação aos atos que pratica ou leva outros a praticarem, sua responsabilidade cármica se torna ainda maior já que você não é mais responsável apenas por você, mas por outros também, tanto em atitudes como em modelo a ser seguido. Voltando ao exemplo bíblico, por isso nem todos os médiuns devem carregar essa “cruz” ou receber essa missão. Aliás, são poucos os que são chamados diretamente para uma missão específica, o que nos faz lembrar as palavras: “Muitos são chamados (médiuns), mas poucos os escolhidos (missão superior)”.

Então, você que recebeu ou receberá missão na Umbanda, antes de encher-se de orgulho, entenda a gravidade e a responsabilidade da qual você foi imbuído. Entenda que é através deste -com certeza – difícil caminho, mas – quem sabe – também recompensadora senda, é que você conseguirá resgatar dívidas pretéritas e posicionar-se um dia em um plano mais elevado, mas que hoje você ainda não está lá. Como diz aquele belo ponto de Linha das Almas: “Eu fui à Bahia, fui pedir ao Senhor do Bonfim, que Ele me ajudasse, a seguir na Umbanda meu caminho até o fim, Meu senhor do Bonfim, me ajude, Eu preciso de paz e saúde”.

E claro, muito discernimento.

Sobre Caminhos para Aruanda

Saravá a todos! Sou umbandista e venho por meio desse "portal" tentar contribuir um pouco para desmistificar a nossa querida Umbanda. Aqui você conhecerá sobre os mitos, orixás, pontos cantados, orações, oferendas e um pouco mais sobre o sincretismo brasileiro. Sejam bem-vindos a nossa cultura Afro-Brasileira, ou melhor, sejam bem-vindos à Umbanda!.
Esse post foi publicado em Mediunidade, Umbanda e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s