Um minuto de reflexão – Sabedoria de Preto Velho


image

Pai João de Aruanda Grandes perdas às vezes significam grandes decepções. Mas como perdemos aquilo que não é nosso? Meus filhos julgam, às vezes, que perderam um ente querido pela morte. Mas essa visão é errada. Solte o seu parente que você julga morto. Aprenda a libertar a sua alma e deixar que ele voe nas alturas de sua própria vida. Muitos dos filhos acham que reter significa possuir. Engano. Na vida, o que possuímos de verdade é aquilo que doamos. Se você desejar reter as almas queridas, através de suas emoções e sentimentos desequilibrados, você se transforma aos poucos em pedra de tropeço para aqueles que você diz amar. Amor não é posse. Amar é doar, é libertar, é permitir que o outro tenha a oportunidade de escolher e trilhar o caminho que lhe é próprio. Amar é permanecer amando, mesmo sabendo que os caminhos escolhidos são diferentes do nosso. Então, meu filho, você não perdeu ninguém, não perdeu nada. Perdeu, talvez, a oportunidade de aproveitar a experiência e aprender amar de verdade. Esse sentimento de perda é o maior atestado de uma alma egoísta. Ame mais, meu filho. Liberte-se e procure ser feliz. Mas, pelo amor de Deus, deixe os outros prosseguirem e, assim, encontrarem também o seu caminho. Ainda que seja do outro lado da vida. Ou talvez desse mesmo lado. Quem sabe? É preciso continuar amando. Mas é necessário que você entenda: seu tempo em companhia daquela alma que você diz amar já passou. Aprenda de uma vez, meu filho. Toda posse, todo apego é caminho para a obsessão. Pense nisso um pouco.

Fonte: Retirado do livro Sabedoria de Preto Velho Robson Pinheiro

Sobre Caminhos para Aruanda

Saravá a todos! Sou umbandista e venho por meio desse "portal" tentar contribuir um pouco para desmistificar a nossa querida Umbanda. Aqui você conhecerá sobre os mitos, orixás, pontos cantados, orações, oferendas e um pouco mais sobre o sincretismo brasileiro. Sejam bem-vindos a nossa cultura Afro-Brasileira, ou melhor, sejam bem-vindos à Umbanda!.
Esse post foi publicado em conhecimento, Doutrina, Entidade, Mediunidade, Preto-velhos, Umbanda e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para Um minuto de reflexão – Sabedoria de Preto Velho

  1. Nilda disse:

    Foram palavras muito parecidas com essa que maria Conga me disse quando me explicou que minha tia (que luta contra o cancer) não terá muito tempo mais de vida na terra… E quando eu fiquei triste ela me abraçou e disse “não é pra ficar triste fia, é para ficar feliz, porque agora vc sabe que a vida nunca termina, só muda de lado”, mas eu fiquei triste assim mesmo…

    • Então, recentemente perdi um parente próximo e está mensagem reflete bem a situação que minha família está vivendo. Entretanto, nem todos tem essa visão e acabam por complicar a passagem do ente pelo simples fato de ficar remoendo a “perda”…

      Um grande abraço e muito axé!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s