Obaluaê


20130816-124624.jpg

No dia 16 de agosto homenageia-se Obaluaê. Que significa Rei Dono da Terra.

É também considerado o deus da varíola e das doenças contagiosas; no catolicismo ele é conhecido como, São Roque.

Os Pretos Velhos também conhecidos como Linha das Almas, estão diretamente ligados a ele.

Muitas vezes ele é confundido com Nanã Boroque talvez por serem do mesmo trono: O Trono da Evolução.

Sendo assim podem ser a transição ou a transposição da ponte que existe entre a vida e a morte, onde poderíamos imaginar se essa ponte existisse fisicamente, como sendo de um lado Nanã, uma paisagem de desolação, de plantas velhas e murchas e a passagem para o outro lado da ponte ser Obaluaê onde teríamos o frio e a escuridão.

Muitos o associam apenas como Orixá curador, que ele realmente é, pois cura mesmo! Mas ele é muito mais do que já o descreveram.

Ele é o Senhor das Passagens de um Plano para outro, de uma dimensão para outra e mesmo do espírito para carne e vice-versa.

Ele estabelece o cordão energético que une o espírito ao corpo (feto), que será recebido no útero materno assim que alcançar o desenvolvimento celular básico (órgãos físico)

Também graficamente ele é conhecido como Abaluaê.

Suas características: reservado, solitário, simples, trabalhador, serviçal, depressivo, doentio. Seus filhos costumam ser controvertidos, seu caráter ás vezes, é taciturno, calado, fechado em si próprio, ás vezes têm piques de alegria, descontração e satisfação, indo de um pólo para outro com muita freqüência, parecem misteriosos, não gostam de aglomeramento, preferem o isolamento e curtem sua mágoa e dor sem participar a ninguém, sendo muito sentimentais.

Seu símbolo é o Xaxará, um feixe de ramos de palmeira enfeitado com búzios.

Obaluaê tem sob seu comando incontáveis legiões de espíritos que atuam nesta irradiação ou linha, verdadeiros cientistas, médicos, enfermeiros etc., que preparam o espírito par a uma nova encarnação além de promoverem a cura das nossas doenças.

O Senhor da Vida é também Guardião das Almas que ainda não se libertaram da matéria.

Obaluaê é um Orixá ancião da cura, Senhor da Sabedoria e da Evolução, Senhor da Transmutação, Senhor das Passagens.

Seu elemento é a terra e seu ponto de força o cemitério.

Seu ponto riscado é o cruzeiro das Almas. Seu Exu é o Exu da Meia Noite.
Sua apresentação é com um tipo de saiote feito da palha da costa, um capuz de palha da costa na cabeça cobrindo o rosto e o dorso, fazendo com que fiquem visíveis apenas os braços e os pés do filho de santo.
Mas também podemos representá-lo com roupa toda branca com um véu branco comprido sobre a cabeça. Como é o nosso caso.

Seu planeta regente é Saturno.
Seu dia da semana é segunda feira, sua cor preto e amarelo, a algumas vezes podendo ser só amarelo.

Seu metal o chumbo e barro seu elemento principal a terra seu local preferido cemitério e beira de lago, em fendas de pedreira ou cachoeira (barro) seus domínios terra, epidemias e a morte.

Sua Saudação: Atotô Obaluaê!

Para sua oferenda costuma-se usar:

Bebida:
Suco de fruta ou pinga ou conhaque.

Comida:
Pipoca estourada em azeite de dendê, sem sal, com pedaços de coco e mel por cima, abóbora cozida com água e sal, inhame, feijão fradinho (1/4) cozido, bolinhos de milho.

Frutas:
Banana da terra a principal e todo tipo de frutas silvestres

Materiais:
7 velas amarelo e preto, podendo também ser somente amarela, perfume de jasmim para ser imantado e depois usado por você ou em seus trabalhos) e fósforos virgem.

Flores:
Dália Escura ou qualquer uma desde que seja amarela

Ervas para banhos e defumação:
Alfavaca roxa, alfazema, babosa, assa peixe, musgo. Coentro, hortelã brava, jenipapo, jurubeba, manjericão roxo, eucalipto, folha de bananeira e trombeta, mentruz ou mastruço, arruda, tapete de Oxalá ( boldo do Chile) alecrim do campo, capim santo.

Oração

Senhor da terra
Oh mestre da cura
Meu pai eterno
Proteja seus filhos
Dando sanidade a nossa mente e saúde para nosso corpo
Vós que é o limitador das enfermidades
Vós que é medico dos corpos terreno e das almas eternas,
Suplicamos sua misericórdia
Reforçai e revigorai nossos espíritos para que possamos enfrentar todos os infortúnios da matéria

20130816-125019.jpg

Sobre Caminhos para Aruanda

Saravá a todos! Sou umbandista e venho por meio desse "portal" tentar contribuir um pouco para desmistificar a nossa querida Umbanda. Aqui você conhecerá sobre os mitos, orixás, pontos cantados, orações, oferendas e um pouco mais sobre o sincretismo brasileiro. Sejam bem-vindos a nossa cultura Afro-Brasileira, ou melhor, sejam bem-vindos à Umbanda!.
Esse post foi publicado em Aprendizado, conhecimento, Orixás e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s