Mundo Espiritual


O mundo espiritual interage constantemente com o plano físico. Os espíritos não são uma realidade distante, à parte, mas, ao contrário, muito mais próxima do que muitos pensam. Conforme a Bíblia, Paulo de Tarso, já naquela época, teria afirmado: “(…) Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta,” – (Hebreus 12 : 1).

Todos sentimos a influência dos espíritos, em maior ou menor grau, porém, a mediunidade propriamente dita é um fenômeno mais complexo e que depende de outros fatores. É mais do que simplesmente captar o pensamento de algum espírito ou sofrer uma leve influência dele.

Kardec diz: “(…) Pode, pois, dizer-se que todos são, mais ou menos, médiuns. Todavia, usualmente, assim só se qualificam aqueles em quem a faculdade mediúnica se mostra bem caracterizada e se traduz por efeitos patentes, de certa intensidade, o que então depende de uma organização mais ou menos sensitiva. E de notar-se, além disso, que essa faculdade não se revela, da mesma maneira, em todos. Geralmente, os médiuns têm uma aptidão especial para os fenômenos desta, ou daquela ordem, donde resulta que formam tantas variedades, quantas são as espécies de manifestações.” – O Livro dos Médiuns, capítulo XIV.

Portanto, devido à complexidade do fenômeno, requer muito estudo, metódico e aprofundado, e um desenvolvimento equilibrado e com acompanhamento.

Mediunidade não significa, necessariamente, que a pessoa que a possua seja um espírito evoluído. Existem aqueles, médiuns ostensivos ou não, que são bastante sensíveis aos espíritos mais sábios ou equilibrados por viverem em um clima interior mais elevado. É uma conquista pessoal. Mas a grande maioria dos médiuns tem, na mediunidade, uma oportunidade “extra” de evolução e de repararem certos erros cometidos em outras encarnações através da caridade, do auxílio ao próximo.

Independente disso, podemos receber as sugestões dos nossos benfeitores espirituais nos momentos que necessitarmos. Basta que elevemos nossos corações em prece e amor para que a paz resplandeça em nós.

Intercâmbio espiritual com equilíbrio e responsabilidade, sempre!

Escrito por Victor Rebelo

Revista Cristã de Espiritismo, edição 109

Fonte: http://www.rcespiritismo.com.br

Sobre Caminhos para Aruanda

Saravá a todos! Sou umbandista e venho por meio desse "portal" tentar contribuir um pouco para desmistificar a nossa querida Umbanda. Aqui você conhecerá sobre os mitos, orixás, pontos cantados, orações, oferendas e um pouco mais sobre o sincretismo brasileiro. Sejam bem-vindos a nossa cultura Afro-Brasileira, ou melhor, sejam bem-vindos à Umbanda!.
Esse post foi publicado em Aprendizado. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s