Xangô


ORAÇÃO A XANGÔ

Poderoso Orixá de Umbanda, pai, companheiro e guia. Senhor do equilíbrio e da justiça. Auxiliar da Lei do Carma. Só tu, tens o direito de acompanhar pela eternidade. Todas as causas, todas as defesas, acusações e eleições. Promanadas das ações desordenadas ou dos atos impuros e benfazejos que praticamos. Senhor de todos os maciços e cordilheiras. Símbolo e sede da tua atuação planetária no físico e astral. Soberano Senhor do Equilíbrio, da equidade. Velai pela inteireza do nosso caráter. Ajude-nos com sua prudência. Defenda-nos das nossas perversões, ingratidões, antipatias, falsidades, incontenção da palavra e julgamento indevido dos atos dos nossos irmãos em humanidade.

Só Tu és o grande Julgador.

Kaô Cabecilê Xangô.

 

ORAÇÃO A XANGÔ

Bondoso São Jerônimo, o vosso nome Xangô, nos terreiros de Umbanda, desperta as mais puras vibrações. Protegei-nos, Xangô, contra os fluidos grosseiros dos espíritos malfazejos, amparai-nos nos momentos de aflição, afastai de nossa pessoa todos os males que forem provocados pelos trabalhos de magia negra. Rogamos-vos, também, São Jerônimo, usar de nossa influência caridosa junto às mentes daqueles que por ambição, ignorância ou maldade, praticam o mal contra os seus irmãos empregando as forças elementais e astrais inferiores. Iluminai a mente desses irmãos, Afastando-os do erro e conduzindo-os à prática do bem. Assim Seja!

Kaô Cabecilê!

 

ORAÇÃO A XANGÔ

Kaô meu Pai, Kaô

O Senhor que é o Rei da Justiça, faça valer por intermédio de seus doze ministros, a vontade Divina, purifique minha alma na cachoeira. Se errei, conceda-me a luz do perdão. Faça de seu peito largo e forte meu escudo, para que os olhos de meus inimigos não me encontrem. Empresta-me sua força de guerreiro, para combater a injustiça e a cobiça. Minha devoção ofereço. Que seja feita a justiça para todo o sempre. É meu Pai e meu defensor, conceda-me a graça de receber sua luz e de receber sua proteção.

Kaô meu Pai Xangô, Kaô!

 

PRECE A XANGÔ

Caô Cabecilhe, grita ZAMBI, e ecoa em todos os cantos da Terra, na força do CRIADOR, Saravá XANGÔ Orixá maior, dono de todas as cabeças. Repicam os grandes Atabaques da Lei de Umbanda, Caô Cabecilhe, Rei do Nagô, nós sentimos sob a força de vossa vibração os fluídos benéficos de tua luz. Rei da Justiça, soberano da Sabedoria, abre seus braços sobre nós e esclareça os nossos dirigentes para que não se choquem em emoções pessoais. Caô Cabecilhe, vejo tua Pena de Ouro, tua Macahada, tua Chave, tua Sabedoria presentes neste GONGÁ. Senhor dai-nos força e perdoai-nos se vós o ofendemos com nossos atos ou palavras, oh ORIXÁ da palavra e da escrita. Saravá todos os XANGÔS, Caô Alafim, Achê, Agojô, Agogô, Aganjú e Saravá Xangô Laiara é hoje dia de XANGÔ, Caô, Alafim e Agojô te dedicamos este nosso Adarrum.

Saravá Xangô Caô, cabecilhe, que assim seja para todo e sempre.

 

PRECE A XANGÔ

Oh! Senhor dos Trovões. Pai da Justiça e da retidão. Orixá que abençoa os injustiçados e castiga os mentirosos e caluniadores. Defenda meu Senhor, minha casa, minha família dos inimigos ocultos, dos ladrões e dos mentirosos. Oh! Xangô rogo-te as vibrações de amor e misericórdia, Pai da dinastia humana, livra-me de todo escândalo.

Kaô Cabecile!

 

PRECE A XANGÔ

Senhor de Oyó. Pai justiceiro e dos incautos. Protetor da fé e da harmonia. Kaô Cabecile do Trovão. Kaô Cabecile da Justiça. Kaô Cabecile, meu Pai Xangô. Morador no alto da pedreira. Dono de nossos destinos. Livrai-nos de todos os males. De todos os inimigos visíveis e invisíveis.

Hoje e sempre, Kaô meu Pai.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s